Pular para o conteúdo principal

O processo antitruste do Google visa a privacidade do Chrome

 'O Google está tentando esconder suas verdadeiras intenções por trás de um pretexto de privacidade', dizem os promotores



Vigilantes antitruste estaduais estão visando os planos do Google de eliminar os cookies de rastreamento de terceiros, com base em um grande processo aberto no ano passado. O grupo de 15 procuradores-gerais, liderado pelo Texas, atualizou sua reclamação sobre o Google ontem para incluir um caso mais detalhado contra o gigante das buscas, incluindo novas alegações sobre o uso estratégico do Google do navegador Chrome. Em particular, a nova reclamação tem como objetivo as recentes atualizações de privacidade do Chrome, que poderiam proteger melhor os dados pessoais dos usuários, ao mesmo tempo que consolidam a posição do Google no mercado.


Veja também: Lançou o novo Whatsapp GB 2021


Apresentada em dezembro , a queixa do Texas é um dos três processos antitruste em andamento contra o Google. Naquele mesmo mês, o procurador-geral do Colorado liderou um grupo alegando que a empresa sufocava a concorrência ao manipular os resultados de busca . Um caso separado do Departamento de Justiça é focado no domínio do Google no mercado de busca na web e nos negócios de anúncios associados .


Como a reclamação original do Texas, o arquivamento atualizado de terça-feira concentra-se principalmente na tecnologia do Google para direcionar anúncios na web. Os procuradores-gerais argumentam que o Google usou seu poder em busca, streaming de vídeo e outros mercados para eliminar plataformas de publicidade independentes, forçando pequenas empresas e meios de comunicação a usar seu sistema.

Mas na reclamação atualizada, os estados aplicam este argumento ao “Privacy Sandbox” do Google - uma ferramenta que supostamente substitui cookies invasivos de rastreamento de terceiros por um sistema mais limitado desenvolvido pelo Google.

“O novo esquema do Google é, em essência, bloquear toda a parte da Internet que os consumidores acessam por meio do navegador Chrome do Google”, diz a reclamação. Bloquear cookies pode ser uma boa coisa - outros navegadores como Firefox e Safari já o fizeram. Mas o Chrome domina o mercado de navegadores e faz parte de um conjunto muito maior de produtos do Google. O processo argumenta que os planos do Google exigiriam que os anunciantes o usassem como intermediário e tornaria o próprio sistema de publicidade do Google muito mais atraente.

Veja também: Whatsapp GB é seguro?

Durante anos, o Google vem reduzindo gradualmente o uso de cookies de rastreamento, anunciando no início deste mês que não estabelecerá um sistema alternativo para rastrear usuários na web. Mas os críticos da empresa - incluindo a Electronic Frontier Foundation - criticaram esses esforços como egoístas. Agora, os reguladores estaduais parecem estar adotando essas críticas e colocando uma nova pressão legal sobre os esforços do Google para bloquear o rastreamento no Chrome.

“O Google está tentando esconder suas verdadeiras intenções por trás de um pretexto de privacidade”, continua o processo. Com o Privacy Sandbox, “o Google na verdade não acaba com o perfil do usuário ou com a publicidade direcionada - ele coloca o navegador Chrome do Google no centro do rastreamento e da segmentação”.

O Google não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é uma gráfica online e quais suas vantagens?

Contar com uma gráfica online é uma excelente opção para solucionar materiais impressos de maneira ágil, simples e de altíssima qualidade, afinal, todo o processo acontece de maneira virtual e com acompanhamento pelo cliente. Continue lendo para entender mais sobre o que é, como funciona e quais as suas vantagens! Gráfica online: como funciona? Usar a internet como meio para compra e venda é uma realidade que vêm se fortalecendo com o passar dos anos, já que com os avanços da tecnologia se tornou possível oferecer serviços, produtos e atendimento virtualmente, facilitando o acesso e acelerando o processo para o consumidor. A gráfica online oferece, através de plataformas virtuais, a possibilidade de apresentar e vender seus produtos online, com atendimento e suporte de excelente qualidade para que o cliente possa orçar, solicitar, avaliar e aprovar materiais antes de finalizar o pedido, assim garantindo cada detalhe. Além de facilitar o acesso, as gráficas online costumam atender clie

Saudepress

Empreendedorismo social: porquê precisamos falar disso no enfrentamento .  Tema será abordado em palestra gratuita na programação do  Espaço Conceito Banco do Brasil RJ; Especialista em Negócios de Impacto, Sustentabilidade, Educação Executiva, Maria Flávia Bastos aponta como o setor pode contribuir para minimizar as desigualdades socioeconômicas. Especialista em educação executiva e  sustentabilidade, Maria Flávia Bastos comanda a palestra  Desafios do Empreendedorismo Social durante a Pandemia , em 31/03, às 17h, com transmissão pelo youtube.com/bancodobrasil. Convidada da programação de março do Espaço Conceito Banco do Brasil RJ, ela aprofundará o tema, mostrando como o setor traz soluções de desenvolvimento sustentável com potencial para superar os desafios deste novo tempo. Quer se manter atualizado sobre as últimas notícias da Pandemia do novo Coronavírus e notícias de primeira mão sobre saúde e bem estar? Então conheça o site  Saudepress .  Você encontra tudo sobre   Medicina a